COMO GUARDAR PODE FAZER BEM


“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” Provérbios 4.23
Guardar o comprovante de pagamento de uma conta é um principio que ninguém quer abrir mão; deixar de guardar a inscrição de um concurso, com os respectivos dados de data, horário e etc. nem pensar; o comprovante de votação torna-se fundamental porque qualquer momento da vida ao se passar numa prova de concurso ou quando exigido para um devido fim, ele deve estar ali bem guardadinho; o telefone de alguém que se conheceu em algum momento especial da vida, esse mesmo não da nem para pensar em não deixar a sete chaves para na hora exata não ter como arrumar desculpas. Enfim, guardamos aquilo que nos é interessante, cujo valor é fundamental, cujo sucesso é garantido quando, em necessitada circunstância, sabemos que vamos precisar.
E a bíblia sabe do valor de se guardar as coisas. Tanto que quando inicia o texto, ela diz “sobre tudo o que se deve guardar”. Ela não diz para deixar de guardar as coisas que são importantes. Pelo contrário, ela reforça o valor do ato de guardar. E ao olharmos para a vida, sabemos que se não guardarmos um monte de coisas tanto materiais, quanto não, vamos acabar fazendo com a vida fique demasiado complicada. É a lei da vida. Imagine sair por ai dirigindo um carro, e não guardar a habilitação para dirigir e o documento do automóvel, em locais seguros? Quando exigido numa blitz, a coisa fica por demais complicada. A vida não pode ser vivida, sem que se valorizem princípios que indiscutivelmente não podem ser quebrados.
Devemos guardar o valor da família em seu devido lugar; o valor da vida em seu devido lugar; o valor da sexualidade em seu devido lugar; o valor da virgindade para o momento que Deus estabeleceu que fosse. Poderia eu listar ainda mais uma gama de relevantes valores que merecem atenção e que são importantes, dos quais Deus não nos esquivou dessa responsabilidade.
Embora saibamos de tudo isso, ou talvez não; talvez respeitando essa consciência, ou ignorando-a por desconhecimento, ou por desvalorização mesmo, o certo é que Deus agora nos coloca em outro patamar. Eleva-nos o padrão e desafia-nos a perceber que a transitividade direta desse verbo agora muda o foco, anda em direção verticalizada, adentrando nuvens agora mais densas, onde o ar é mais difícil de respirar porque Deus confronta-me com valores novos.
Ele nos diz “guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida”. Dentre as várias definições, algumas me chamaram a atenção para a palavra fonte: manancial, nascente, origem, princípio. O coração é o manancial, ele é a fonte, ele é a origem, ele é a nascente. Na onda de preservação do meio ambiente que existe hoje em todo mundo, a preocupação com os rios está mais acentuada em suas nascentes. Porque os ambientalistas e estudiosos do assunto sabem que se a fonte das nascentes secar, todo o restante do rio morre. Se a origem morrer, todo o curso do restante tem prazo certo para deixar de existir. Não é diferente conosco. O nosso coração, acima de tudo que temos, tem que ser guardado. Pois ele é a origem de tudo.
Quer um exemplo prático? Como você se comporta diante de situações que saem ao seu controle? Como você reage quando é injustiçadamente agredido? Como você se vê em situações de sucesso e êxito? Ou quando está vivendo o contrário disso?Como você se vê diante de uma reprovação em algum tipo de curso ou concurso ou coisa semelhante? Como são as tuas atitudes quando você vê uma relação desmoronar? Qual a tua reação quando você julga um caso demorar demais para ser resolvido? Responda a si essas perguntas e você, sendo inteligente começa a perceber que o coração tem que ser guardado acima de tudo.
Guarda o teu coração de armadilhas emocionais; guarda o teu coração da cilada de achar que quando tudo está bem, não se necessita de reparos e ajustes; guarda o teu coração de achar que existe uma demora da parte de Deus para algo da tua vida; guarda o teu coração de achar que só é possível servir a Deus quando tudo estiver bem resolvido em tua vida; guarda o teu coração da idéia de que, vivendo um momento extremamente delicado e desconfortável, você é menos amado por Deus e menos cuidado por Ele; guarda o teu coração da idéia de que você não deve crescer como pessoa, tanto espiritual quanto secularmente; guarda o teu coração da idéia de que não há perdão em teu coração para uma determinada circunstância; guarda o teu coração da idéia que onde você parou, ali você deve ficar; guarda o teu coração da idéia de que Deus é alguém distante.
A importância de saber guardar o coração vai nos livrar de enfermidades, físicas, emocionais e espirituais. Tente imaginar sentimentos contrários aquilo que Deus espera que exista dentro dos nossos corações. Todo o andamento do restante do rio da nossa vida vai secar. Por isso ele está nos exortando: Guarda o teu coração, porque dele procede o restante das atitudes que vai reger o meu comportamento e decidirão eternamente a meu favor ou desfavor. Se não o fizermos, somente o que vai jorrar dessa fonte é podridão e desrespeitoso aos olhos de Deus.

NaquEle que guardou o coração da tentação do mundo e hoje está a destra do Pai.

Jahilton Magno
São Luis 03.02.11

Um comentário:

  1. Seja bem-vindo ao UBE. Gostaria de ser seu amigo.
    Pode acompanhar as minhas notícias e se tornar membro do meu blog no:
    http://radiopentecostal.blogspot.com
    Qualquer coisa estamos por aí.
    Marivan.

    ResponderExcluir

VOCÊ FOI EDIFICADO? DEUS FALOU AO SEU CORAÇÃO? FAÇA UM COMENTÁRIO PARA QUE OUTRAS PESSOAS SAIBAM!