LEVOU-ME À SALA DO BANQUETE, E O SEU ESTANDARTE SOBRE MIM ERA O AMOR.’


‘LEVOU-ME À SALA DO BANQUETE, E O SEU ESTANDARTE SOBRE MIM ERA O AMOR.’ Cantares 2.4.

Quando me lembro de banquete, penso em muita comida, pessoas especiais, comida especial, pratos especiais, alegria, sorrisos, comemorações, união, amor, oferta do melhor, muitos convidados... Tudo que se sabe e o que se pensa sobre toma conta de mim ao me recordar de um banquete. Primeiro que até a sala é um local especial, é diferenciado, é único, provido de uma série de ornamentos e muito mais ornamentado ainda em ocasiões especiais. A sala de banquete é local de celebração, de cumplicidade, de troca, de esquecimento de dores, de gozos, de festividade mesmo.

O texto nos remete para esse quadro, onde o que existe de melhor é oferecido e degustado não somente no sentido palativo, como também em sentido físico e palpável. Ou seja, em sentido completo. O banquete é completo, não pode agradar somente aos olhos, ao paladar, ao olfato, mas tem que agradar pela sua inteireza e completude.

É esse banquete do qual Jesus quer nos fazer participar, completo; não pela metade, mas pleno em sua inteireza, com convite para celebrar, para comemorar, para festejar. O convite é para ver e provar do mais excelente e mais agradável; o convite é para tratar de cumplicidade e de intimidade, o convite é para aqueles que além de especiais, entendem e aceitam suas especialidades como seres humanos e amados por Jesus. Como pessoa humana, é isso que posso esperar e desejar do Senhor: um banquete em que Ele celebra, dando o melhor e convidando pessoas que acima de tudo se deixam ser convidadas. Um banquete espetacularmente divino, com cardápio divino e trazendo a redescoberta do ato de sorrir, como alegria inconfundível e imprescindível para a vida. E para que isso possa acontecer tem que existir uma sala especial para momentos marcantes, criados pelo próprio Deus. Assim tem que ser a nossa vida, pois não podemos apenas achar que temos em Deus o nosso banquete, mas a nossa vida tem que ser o banquete também para que pessoas possam encontrar motivos para celebrar alegremente relacionamentos, amizades, casamentos.

A vida tem que ser marcada pelo amor, a bandeira que se ergue em nossa vida deve ser o amor. Não é fácil, mas é o princípio de Deus para a nossa vida, onde Jesus disse que seus discípulos seriam conhecidos pelo amor. O estandarte, ou seja, a bandeira, quando erguida, é colocada em local alto para que todos a vejam. A bandeira significa posse, mesmo que seja simbólica. Essa simbologia é semelhante ao que fizeram quando visitaram a lua: colocaram a bandeira dos Estados Unidos. Colocaram a bandeira como símbolo de posse, mas a lua não lhes pertencia, era apenas uma marca. No texto da Bíblia, a bandeira era o amor, é algo que não se vê, mas que se percebe. E nada melhor que perceber alguém pelo amor que tremula no mastro da vida. Esse amor SOBRE, está acima, é elevado. O amor tem que ocupar sempre esse lugar de destaque, porque essencialmente é pura beleza e nada se compara a ele. Esse amor tem que estar sobre mim, tem que me perseguir santamente, tem que demonstrar que sou possuído por ele e que, de fato, não é simbologia, não é metáfora, realidade experimental e presente. Esse amor também me possui , pertenço a esse amor infinito; carrego-o dentro em mim e o externalizo através das minhas atitudes. Assim, as pessoas que se relacionam comigo tem que ser marcadas por essa bandeira tecida com agulhas divinas e materiais celestiais; as pessoas que me cercam sejam marcadas pelo meu amor, amor que foi derramado pelo Espírito Santo de Deus (Rm 5.5).

Portanto, pense nisso em como sua vida está esta tremulando essa bandeira do amor de Jesus Cristo. Pense também que esse convite do inicio do texto é feito a você onde quer que esteja, para celebrar ressurreição e vida, abundância e restauração de vida, retidão e compromisso, novidade de vida e transformação. Venha desfrutar desse banquete e deixe-se ser convidado e aceite o convite para um banquete do qual você nunca vai esquecer e nunca mais vai ser a mesma pessoa após.

Em Cristo, que está com a ceia preparada para nos alimentar e nos recebe com alegria para a celebração da vida em Jesus,

Jahilton Magno

São Luis,

22.07.09

2 comentários:

  1. Q maravilha!!!
    Esta palavra encheu o meu coração de alegria e me emocionou ao medir a intensidade do amor q devemos externizar em nossa vidas através das nossas atitudes...que palavra Divina, Deus te abençoe prezado irmão.

    ResponderExcluir
  2. Que mensagem!!! O Anfitrião é fiel, "Eis que tudo preparado já está." O que dói é ver muitos recusando esse extraordinário CONVITE.

    ResponderExcluir

VOCÊ FOI EDIFICADO? DEUS FALOU AO SEU CORAÇÃO? FAÇA UM COMENTÁRIO PARA QUE OUTRAS PESSOAS SAIBAM!